Episode: Leaving

Sarah Draken: “Você não vai tirar meu filho de mim!”
Lord Dragon: “Não vou tirá-lo de você. Só quero que ele tenha uma melhor educação.”
Sarah Draken: “Ele tem a melhor educação no local onde se encontra.”
Lord Dragon: “Discordo plenamente.”
Sarah Draken: “Ele não vai com você. Não vai transformar meu filho em um inumano.”
Lord Dragon: “Mas ele nunca foi humano e nem será.”
Sarah Draken: “Se depender de você…”
Lord Dragon: “Não há chances disso acontecer. Nas veias do seu filho, apenas corre meu sangue.”
Sarah Draken: “Ele nunca aceitará essa proposta!”
Lord Dragon: “Não vai querer apostar…”
Black Dragon: “Oi, mãe.” – ele surge com duas mochilas. Uma nas costas e outra na mão direita.
Sarah Draken: “O que é isso?”
Black Dragon: “Vou morar com ele.”
Sarah Draken: “O quê!?”
Black Dragon: “Mãe. Se liga. Eu preciso ampliar meus horizontes.”
Sarah Draken: “Isso não é coisa sua. Vejo seu pai colocando palavras na sua boca.”
Black Dragon: “É verdade. Eu só preciso ser forte. E lá no apartamento dele, não preciso lavar louça.”
Sarah Draken: “Você não lava aqui.”
Black Dragon: “Mas não gritam comigo por isso.”
Sarah Draken: “Não te autorizo a ir embora. Você vai ficar aqui com a sua mãe.”
Black Dragon: “Mãe. Já falei com o juiz. Tá tudo certo.”
Sarah Draken: “COMO É???” – ela se enfurece e perde a razão.

Meses depois…

(Rádio do carro): “E o casal pegou trinta anos de prisão por conta do assassinato brutal da criança de quatro anos..”
Black Dragon: “..Que saco! Isso de novo. Muda a estação. Bota um funk.”
Lord Dragon: “Trocar lixo por outro?”
Black Dragon: “Então desliga.”
Lord Dragon: “Desligado. Mas entende porque eu quero que você vá para essa escola? Não gosto da sua relação com humanos.”
Black Dragon: “Porque eles podem me jogar pela janela?”
Lord Dragon: “Humano é a parte putrefata do mundo.”
Black Dragon: “É a parte o quê!?”
Lord Dragon: “Eu não seria capaz de jogá-lo de uma janela. São atos de monstros. E os monstros são humanos.”
Black Dragon: “Humanos ou não, qualquer um que faz isso com o ser do próprio sangue merece a morte.”
Lord Dragon: “Justiça com as próprias mãos?”
Black Dragon: “Se a justiça não funciona, por que não?”
Lord Dragon: “És um ser muito radical.”
Black Dragon: “Mamãe diz a mesma coisa. Não com essas palavras, mas diz.”
Lord Dragon: “Por falar nela, como ela está?”
Black Dragon: “Sei lá. Não falo com ela faz um mês.”
Lord Dragon: “Por quê?”
Black Dragon: “Ela só grita pedindo pra eu voltar.”
Lord Dragon: “Pedindo?”
Black Dragon: “Mandando.”
Lord Dragon: “Agora sim. Típico. Olha. Estamos chegando.”
Black Dragon: “Três semanas atrasado. Vou ficar com vergonha de entrar lá.”
Lord Dragon: “Tive problemas com a papelada. Por isso a demora.”
Black Dragon: “Não é mais fácil falar que esqueceu? Não sou um de seus empregados.”
Lord Dragon: “Motorista, deixe-o aqui.”
Black Dragon: “Na esquina?”
Lord Dragon: “Não quero que saibam de quem você é filho.”
Black Dragon: “Não quer ser visto.” – sai do carro.
Lord Dragon: “Tchau, filho. Motorista, vamos embora.”
Black Dragon: “Pai.”
Lord Dragon: “O quê?”
Black Dragon: “Como se sente tendo que viver escondido?”

No final da rua acontece um acidente.
O barulho inquieta todas as pessoas ao redor, menos pai e filho, que se entreolham.
O carro parte e deixa Black sem resposta.

(continua…)

Anúncios

2 responses to “Episode: Leaving

  1. adorei o texto!!!!
    li e nem percebi.
    fiquei pensando quando terminou:

    O q sera q vai acontecer agora?

    aaaah

    “És um ser muito radical.” parece muito ro.

    Beijos, amor

  2. Finally!
    Terminando misteriosamente, pra variar.
    Gosto disso. 🙂
    Só não gosto do fato de ter certeza que vc vai demorar 736487580 anos pra postar o próximo! T__T
    E me deixar na aflição querendo saber o que acontece! T____T
    O lado bom é que me coloco no lugar do Black.
    Ficar sem resposta é horrível! x.x
    Mas a resposta para a pergunta dele é algo a se pensar: como deve ser ter que viver escondido?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s